Connect with us

Destaque

O presidente dos EUA, Donald Trump, diz que ‘fará outras coisas’ se perder a eleição

# Jornal Opinião Goiás

Published

on

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que continuará com outras coisas se perder a eleição de 3 de novembro, depois que o oponente democrata Joe Biden disse que o republicano pode trapacear e se recusar a deixar a Casa Branca.

“Certamente, se eu não ganhar, não ganho. Quero dizer, você sabe, continuar fazendo outras coisas ”, disse Trump ao Fox News Channel em uma entrevista de televisão transmitida na sexta-feira.

À medida que a disputa entre Trump e Biden se aquece antes da eleição, os dois afirmam cada vez mais que o outro lado pretende trapacear o caminho da vitória.

Biden, que lidera Trump na maioria das pesquisas nacionais, no início desta semana, disse que sua maior preocupação era que Trump tentasse “roubar” as eleições, embora o ex-vice-presidente não tenha explicado como ele acha que Trump poderia trapacear. Biden disse que está confiante de que os soldados escoltarão Trump da Casa Branca se ele perder e não reconhecer o resultado.

O comentário de Trump à Fox News sugeriu que ele poderia aceitar o resultado da eleição, mas o presidente não o disse especificamente. O porta-voz da campanha de Trump, Tim Murtaugh, disse na quinta-feira que Trump aceitaria o resultado.

Trump acusou os democratas de tentar usar um aumento na votação por correspondência como um local para fraudar a eleição, enquanto Biden prometeu enviar advogados para as seções eleitorais de todo o país para procurar esforços republicanos para suprimir a votação.

Especialistas e autoridades eleitorais estão se preparando para uma noite potencialmente tumultuada nas eleições.

Espera-se um aumento nas votações por correspondência devido a preocupações com a pandemia de coronavírus, e especialistas alertam que o processo pode ser prejudicado pelo caos do tipo já visto nas eleições primárias realizadas nos estados durante o surto viral.

Um grande número de cédulas de correio não entregues a tempo de serem lançadas ou contadas pode levar a disputas legais sobre os resultados das eleições. Contar as cédulas por correio também leva mais tempo, porque a identidade de um eleitor deve primeiro ser validada, aumentando a perspectiva de que o resultado da eleição não seja conhecido muito depois do dia das eleições, dizem os especialistas.

Redação do Jornal Opinião Goiás.

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

TV Opinião Goiás