conecte-se conosco

Brasil

Jornal Opinião Goiás – Mais de R$ 407 milhões serão destinados a bolsas de estudo

Imagem/Freepik

As chamadas são para Bolsas de Produtividade em Pesquisa, Bolsas de Produtividade Sênior e para a Prospecção de Projetos em Terapias Avançadas

Com o valor superior a R$ 407 milhões, foram lançadas três chamadas públicas para incentivar o aumento da produção científica, tecnológica e de inovação no país. A iniciativa é do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As chamadas são para Bolsas de Produtividade em Pesquisa (Bolsa PQ), Bolsas de Produtividade Sênior (Bolsa PQ-Sênior) e também para a Prospecção de Projetos em Terapias Avançadas. As bolsas encerrarão a vigência em 2022.

A chamada para a Bolsa PQ tem o valor de R$ 403.441.200 e para a Bolsa PQ-Sênior o valor é de R$ 4.320.000. As bolsas PQ são consideradas de alto nível do CNPq e destinadas a pesquisadores com produção científica, tecnológica e de inovação de destaque nas respectivas áreas do conhecimento.

“A liberação desse fundo vai fazer uma diferença gigantesca no financiamento estável dos projetos de ciência, tecnologia e inovações do país”, afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes. “Todos os países hoje considerados desenvolvidos têm algo em comum, que é o investimento constante, estável, em ciência, tecnologia, inovações e educação. Esses pilares fazem com que esses países tenham capacidade de resiliência, capacidade de recuperação rápida, capacidade de superar grandes crises e é isso que queremos para o nosso país.”

Detalhes das chamadas

Bolsa de Produtividade em Pesquisa será concedida individualmente, em função do mérito da proposta e ao pesquisador que atenda os pré-requisitos e critérios de qualificação. Além disso, o interessado deve ter título de doutor ou perfil científico equivalente e se dedicar às atividades constantes do pedido de bolsa, entre outros.

Bolsa de Produtividade Sênior, também será concedida individualmente e o pesquisador deverá, por exemplo, ter título de doutor ou perfil científico equivalente e ter permanecido e continuar ativo no desenvolvimento de pesquisas científicas e/ou tecnológicas e na formação de pesquisadores em diversos níveis.

Independentemente de ter bolsa vigente de Produtividade em Pesquisa ou em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora, o pesquisador deverá fazer a solicitação acompanhada de projeto científico-tecnológico.

No caso da Prospecção de Projetos em Terapias Avançadas, a chamada tem o objetivo de identificar, para eventual financiamento subsequente, projetos com ensaios pré-clínicos, ensaios clínicos nas fases 1 a 3, em andamento ou finalizados, com produtos de terapias avançadas que sejam de especial interesse nacional no âmbito da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2016-2022.

Os Produtos de Terapias Avançadas são divididos em três categorias: Produtos de Terapia Gênica, Produtos de Terapia Celular Avançada e Produtos de Engenharia Tecidual. Os pesquisadores interessados precisam atender a critérios como ter o título de doutor ou livre docência, currículo cadastrado na Plataforma Lates e atualizado até a data limite para submissão da proposta, ser obrigatoriamente o coordenador do projeto proposto e ter vínculo formal com a instituição de execução do projeto.

Os editais das chamadas públicas serão publicados no site do CNPq

Classificar post