Jornal Opinião Goiás – FIP Paisagens Rurais promove debate sobre gestão do imóvel rural e regularização ambiental no Cerrado baiano

O projeto FIP Paisagens Rurais promoveu, no início de junho (7 e 8 deste mês), o evento “Diálogos sobre gestão do imóvel rural e regularização ambiental.

O evento foi resultado da parceria entre representantes dos governos federal, estadual, municipal, sindicatos, lideranças locais, técnicos de campo e à mobilização e envolvimento de  mais de 400 participantes. O resultado foi de dias de muita troca de conhecimento, reflexões, receptividade, aprendizados e integração entre toda a cadeia que envolve o projeto.

O evento ocorreu em três locais diferentes: no assentamento rural, na Fazenda Turbilhão 3, em Sítio do Mato (BA);  na Fazenda Afavacal, em Brejolândia (BA); e na Fazenda São José, em Serra Dourada (BA).

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) coordena o projeto FIP Paisagens Rurais por meio do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação (SDI).

O coordenador-geral de Fomento e Inclusão Florestal do SFB e coordenador do projeto FIP Paisagens Rurais, Fernando Castanheira Neto, destacou sobre as metas e objetivos do projeto, destacando a rede de parceiros envolvidos e as oportunidades que as ações trazem para os participantes. “Aproveitem essa oportunidade e esse contato, o projeto está abraçando vocês para tirarem dúvidas, acenando com informação, tecnologia, conhecimento e com o que há de mais moderno em termos de sustentabilidade, e ajudando no processo de regularização ambiental de vocês, além de olhar todos os efeitos das propriedades de forma integrada e os impactos na paisagem”.

O FIP Paisagens Rurais visa fortalecer a adoção de práticas de conservação e recuperação ambiental e práticas agrícolas de baixas emissões de carbono em bacias hidrográficas selecionadas em sete estados do bioma Cerrado. A coordenadora técnica do projeto FIP Paisagens Rurais pelo SFB, Lilianna Mendes Gomes, e a assessora técnica do projeto pela GIZ/SFB, Janaina Rocha, também apresentaram as ações e próximos passos, explicando desde a relação com a Semana do Meio Ambiente, os investimentos do Fundo Internacional do Clima, até chegar na etapa da regularização ambiental que começa agora.

O produtor rural Gilson da Silva de Souza, dono da Fazenda Afavacal, contou como o projeto mudou sua forma de trabalho. “Hoje, o que eu ganho com o meu rebanho é quase o dobro que eu ganhava antes de entrar no projeto, então só tenho muito a agradecer”.

Esclarecimentos

Além da Assistência Técnica e Gerencial oferecida em campo pelo Senar, os produtores e produtoras atendidas pelo projeto, a partir de agora, também receberão apoio nos processos de regularização ambiental. Foi contratada uma empresa de serviços técnicos e florestais especializados para ofertar, gratuitamente, aos produtores assistidos apoio técnico para as retificações do Cadastro Ambiental Rural (CAR) de todos os imóveis rurais atendidos pelo projeto, bem como apoiar nas inscrições daqueles que ainda não a tiverem realizado.

Na programação dos eventos, os técnicos da empresa contratada e representantes do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), órgão responsável pela análise dos cadastros no estado, tiraram as dúvidas dos produtores sobre a legislação ambiental e de que forma o apoio do projeto está funcionando na prática, dentro de cada propriedade participante, como regularização ambiental e reserva legal de imóveis localizados em áreas de assentamento, formas de retificação de cadastros antigos e esclarecimentos sobre autorização e outorga do direito de uso de águas subterrâneas, poços artesianos.

“O uso dos recursos naturais, dentro da racionalidade, ajuda a preservar a terra para as futuras gerações. Mais uma vez, fortalecemos a parceria estabelecida com o SFB em momentos como esses, ajudando os produtores rurais a entenderem a atuação de cada instituição e como elas funcionam”, ressaltou Aldo Carvalho da Silva, assessor de diretoria geral do Inema/BA.

“A gente está começando a desenvolver, já tenho um pouquinho separado para manter o capim, a gente já tem palma e, quem não estiver acompanhando as atividades, quero dizer que é muito bom, que a gente aprende muito e agora quero botar em prática. Então só quero agradecer porque é muito bom aprender as coisas e pouco a pouco se desenvolver”, contou Marli Alves Gonçalves, produtora rural.

Engajamento local

Para o prefeito de Sítio do Mato, Cássio Guimarães Cursino, o uso adequado dos recursos naturais e a questão ambiental são compromissos centrais para “proteger o meio ambiente e fortalecer a agricultura para o desenvolvimento do nosso município”.

A secretária de Agricultura de Brejolândia, Jucimara Andrade dos Santos, disse que a equipe do município está à disposição para ajudar os produtores e ressaltou que a preservação das nascentes é um bem para todo o município.

A bacia contemplada pelo projeto FIP Paisagens Rurais na Bahia perfaz uma área total de 443.239 hectares e somam 1.075 propriedades atendidas, envolvendo o trabalho de 26 técnicos de campo e dois supervisores do Senar.

O assessor regional do Senar Bahia, Sunny Aaron, mostrou os principais resultados alcançados, destacando o trabalho conjunto realizado entre os técnicos e os produtores, trazendo para exemplos de sucesso de intervenção e recuperação de pastagens. “O projeto não se faz sem equipe, a gente investe na equipe, nessa relação de parceria para realizar o projeto, só com essa integração é possível conquistar os bons resultados que já estamos vendo”.

A representante do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Samala Tuane, apresentou os principais programas e oportunidades oferecidas pelo sindicato na região, como o Programa Jovem Aprendiz e cursos de formação profissional rural.

Convidados

A programação dos eventos incluiu palestrantes convidados para falar sobre temas de interesse dos produtores rurais. Rodrigo Junqueira e Daniel Menezes, da Ipê Negócios, falaram sobre nutrição e suplementação animal; João Daniel Kreling, do Instituto PróCria, apresentou uma palestra sobre a importância de melhoramento genético de bovinos e Paulo Eduardo Bonfim, do Banco do Nordeste, detalhou o funcionamento de linhas de crédito rural.

FIP Paisagens Rurais

O Projeto Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado (FIP Paisagens Rurais) é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação do Mapa; com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), do Senar, da Embrapa Cerrados, Embrapa Agricultura Digital e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

Informação: MAPA

Classificar post
Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!