conecte-se conosco

Coluna Dra Eliza de Oliveira

Geriatria Goiânia – Perda de peso no idoso deve ser investigada

Publicada

em

A perda de peso no idoso deve ser avaliada de forma criteriosa e individualizada. A perda de peso repentina e não intencional é um alerta e deve ser investigada e pode ser um sinal de doença ameaçadora da vida, como o câncer ou uma infecção aguda grave.

 

Já a perda de peso progressiva, ao longo de meses ou anos , pode ser reflexo da evolução da fragilidade do idoso, que geralmente está acompanhada de perda de força e massa muscular, baixa energia para as atividades do dia a dia, marcha lentificada, tendência a quedas  e uma vulnerabilidade frente a intercorrências agudas.

 

 Além disso, diversas outras condições podem contribuir para a perda de peso no idoso. Geralmente, a perda lenta e progressiva é multifatorial. Dessa forma, doenças crônicas, sintomas depressivos, alterações do paladar, má saúde bucal, medicamentos e problemas de ordem social, financeira e familiar devem ser investigados.

 

O Geriatra deve assumir um olhar amplo e individualizado frente ao idoso que está emagrecendo. Apesar de ser uma condição causadora de angústia, nem sempre metas rígidas de ganho de peso e recuperação nutricional serão alcançadas no idoso frágil. O plano de cuidados deve ir além de metas, mas deve considerar os reais benefícios das intervenções para qualidade de vida e os limites de cada pessoa.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

Contato: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

Site: https://geriatriagoiania.com.br

 

Sobre a Dra Eliza de Oliveira Borges

– Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;

– Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO);

– Residência em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Titulada em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG);

– Pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto PalliumLatinoamérica / Medicina Paliativa, Buenos Aires- Argentina;

– Preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Integrante do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP), Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – Seção Goiás (gestão 2020 – 2022)

Dra. Eliza de Oliveira Borges é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br). CRM-GO: 14388 RQE: 9751. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV Opinião Goiás