conecte-se conosco

Agronegócio

Coronavírus possivelmente vai interromper atividades em fábricas da BRF

Publicada

em

O coronavírus possivelmente vai interromper atividades em fábricas da BRF no Brasil, destacou o presidente-executivo da companhia, Lorival Luz, nesta segunda-feira (11/05). O executivo também falou sobre o impacto da crise gerada pelo Covid-19 nas vendas da BRF que será maior notada no segundo trimestre, complementou. A crise da saúde pública no Brasil e o fechamento de fábricas da BRF são riscos evidentes.

A BRF atingiu o prejuízo de 38 milhões de reais durante o primeiro trimestre, ante resultado negativo de um bilhão no mesmo período de 2019. A BRF mencionou o crescimento de receita gerada por vendas e preços crescentes.

A BRF é a maior exportadora global de frango do mundo, a BRF possui marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy.  Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para as comunidades em que atua, seus colaboradores e integrados, acionistas e para a sociedade.

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta