Clínica do Sono Goiânia – Existe relação entre Narcolepsia e Hipocreatina?

Narcolepsia é um Transtorno Neurológico do Sono, crônico, que se caracterizada por sonolência excessiva diurna (SED), com ataques de sono, paralisia do sono, alucinações hipnagógicas, fragmentação do sono e cataplexia. Existem dois tipos de Narcolepsia: Tipo 1, com cataplexia e Tipo 2, sem cataplexia. A cataplexia é caracterizada por uma perda súbita e reversível da força muscular durante a vigília, sem perda da consciência e é o único sintoma específico da doença, apesar de não estar presente em todos os casos, apenas na Narcolepsia, do tipo 1. O sintoma preponderante da doença é a sonolência excessiva diurna (SED), presente em todos os casos, mas também pode ser comum a outros distúrbios do sono, como na Apneia do Sono. Como a Narcolepsia é uma doença do sono menos frequente que a Apneia e menos conhecida, pode existir um atraso no seu diagnóstico, até que a pessoa com os sintomas clínicos da doença tenha acesso ao um médico especialista em sono.

 

A fisiopatologia da doença não é totalmente conhecida, embora possua um marcador genético e anormalidades na neurotransmissão da hipocretina. Esse neurotransmissor é responsável pelo estado de vigília, impedindo de entrar no sono REM durante a vigília.

 

Nas pessoas com Narcolepsia existe uma diminuição na produção da hipocretina, fazendo com que elas sintam sonolência durante o dia e tenha ataques de sono, em sono REM durante o dia.

 

É importante informar que entramos no sono REM apenas no período noturno, normalmente após 90 minutos do início do sono, mas quem tem este distúrbio chamado Narcolepsia apresenta intrusão de cochilos em sono REM durante o dia, causando o principal sintoma da doença que é a sonolência excessiva diurna (SED).

 

O tratamento deve ser realizado por um neurologista, especialista em sono, através de medidas comportamentais, medicamentos estimulantes, que melhoraram a sonolência e promovem a vigília, além de outros que controlam a cataplexia e o sono fragmentado.

 

A avaliação do quadro clínico, exame de Polissonografia (PSG) e Teste das Múltiplas Latências do Sono (TLMS) são essenciais para o diagnóstico.

 

Agende uma avaliação com um médico especialista em Medicina do Sono.

 

Para maiores informações e dúvidas:

Contato: (62) 3252-1500 / 3253-1919

Celular / Whatsapp: (62) 98129-9595

Visite nosso site: https://ies.med.br/

Endereço: Rua T 55, N° 869, St. Bueno, Goiânia, Goiás

 

Atendemos:

– Particular

– UNIMED

– IPASGO

– GEAP

– AMIL

-Planmed

 

Responsável Técnico: Dr. William Firmino Francisco Firmo – CRM GO: 9052 – RQE 5126

5/5 - (1 vote)
Mostre mais

IES - Instituto de Especialidades e Sono

Com 17 anos de tradição e excelência, o Instituto de Especialidades e Sono (IES), é referência no diagnóstico e tratamento das Doenças do Sono. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo