Jornal Opinião Goiás – Médica de SP que oferecia falso tratamento contra o coronavírus tem registro suspenso

O Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) suspendeu o registro profissional da médica Isabela Abdalla por 6 meses, após grande repercussão de um vídeo em que ela oferecia soro contra o novo coronavírus.

No vídeo, Abdalla afirmava que seu soro de imunidade contra o coronavírus teria altas doses de vitamina C, além de outras vitaminas e antioxidantes e que não tinha contraindicações.

A médica já havia sido notificada pelo Conselho há pelo menos um mês, mas continuou fazendo a divulgação do seu tratamento milagroso, por isso o Conselho suspendeu a licença. O Cremesp também informou que o processo de sindicância contra Isabela Abdalla transcorre normalmente mesmo com a suspensão da licença. Ela foi denunciada por divulgar um tratamento sem comprovação científica.

Nas últimas semanas, o Conselho recebeu 14 denúncias: sete de médicos, seis de não médicos e outra de uma farmácia de manipulação. O canal do Conselho Regional de Medicina para receber orientações sobre a Covid-19 e fazer denúncias sobre tratamentos falsos é o site covid-19.cremesp.org.br, pelo whatsapp no número 11 98286-3722 ou no e-mail [email protected]

Classificar post
Mostre mais

# EBC

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo