Connect with us

Destaque

Jornal Opinião Goiás – Estudo aponta pico da Covid-19 em Goiás, se isolamento social ficar abaixo de 40%

# EBC

Published

on

Jornal Opinião Goiás - Estudo aponta pico da Covid-19 em Goiás, se isolamento social ficar abaixo de 40%

O pico de casos e mortes pela Covid-19, em Goiás, pode ocorrer a partir da segunda quinzena de julho, se o isolamento social estiver abaixo de 40%. É o que revela estudo da Universidade Federal de Goiás. De acordo com a projeção, se apenas 37% dos moradores de Goiás ficarem em casa, haverá mais de 34 mil pessoas internadas em hospitais e quase seis mil mortes até o fim de julho. Já com 50% das pessoas em casa, quatro mil moradores de Goiás precisariam de tratamento hospitalar e 800 morreriam no mesmo período. Mas algumas prefeituras pretendem flexibilizar a quarentena nos próximos dias.

A partir de 1º de junho, treinos de clubes de futebol, mercados municipais e imobiliárias podem voltar a funcionar em Goiânia. Em reunião nesta quinta-feira (28), entre o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, prefeitos, deputados, membros do judiciário e professores da Universidade de Goiás, o representante do fórum de entidades empresariais do estado, Marcelo Baioch, revelou quais os principais detalhes da proposta de reabertura do comércio em Goiânia nos próximos dias.

Mas o presidente da Federação Goiânia de Municípios, Haroldo Naves, garantiu que a maioria dos prefeitos não está flexibilizando as medidas. No encontro com o governador e prefeitos, a infectologista da Universidade Federal de Goiás, Cristiana Toscano, alertou que se as medidas de isolamento são fundamentais para diminuir a curva de casos.

A quarentena no estado de Goiás começou no dia 13 de março. Até agora, já foram confirmados quase três mil casos do novo coronavírus e 108 mortes.

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

TV Opinião Goiás