conecte-se conosco

Brasil

Jornal Opinião Goiás – Com 600 óbitos, Brasil tem novo recorde de mortes por coronavírus notificadas em 24h

Publicada

em

O Ministério da Saúde divulgou, nessa terça-feira, novos números da pandemia do coronavírus no Brasil. Nas últimas 24 horas foram registradas 600 novas mortes, um novo recorde para o país, e quase 7 mil novos contaminados. No total, são 7.921 óbitos e mais de 114 mil infectados. A letalidade é de 6,9%.

São Paulo continua com maior número de mortes, com 2.851, seguido do Rio de Janeiro, 1.123; Ceará, 795; e Pernambuco, 749. Os estados menos afetados são o Tocantins, com 7 mortes, Mato Grosso do Sul, 10, e Roraima, 11.

Em entrevista coletiva, o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson de Oliveira, afirma que ainda não é preciso afirmar que a pandemia chegou em seu pico, mas que os meses de maio, junho e julho tendem a ser os piores.

Wanderson de Oliveira afirmou que o ministério se reuniu com secretários estaduais para discutir a pandemia, e que as medidas de fechamento mais rígido, ou lockdown, são complexas e dependem da avaliação de cada local.

O secretário de Vigilância em Saúde ainda afirmou que os resultados de mais 100 mil testes ainda não foram repassados pelos laboratórios privados, apesar de a legislação determinar que essa informação seja compartilhada.

O Ministério da Saúde informou ainda que, no último final de semana, distribuiu 100 respiradores para o enfrentamento à Covid-19. Pernambuco e Ceará receberam 30 equipamentos cada, e o Amapá e Paraíba, 20. Ao todo, o governo já enviou 487 respiradores para 10 estados.

Como não conseguiu importar estes equipamentos, o Ministério da Saúde articulou a produção nacional dos respiradores. Três contratos já foram assinados para a produção de mais de 14 mil respiradores, com investimento de R$ 658 milhões.

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta