Jornal Opinião Goiás – Atividade econômica tem queda de 1,95% no primeiro trimestre

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central divulgado hoje revela que, com os efeitos da pandemia da Covid-19, a atividade econômica registrou queda no primeiro trimestre deste ano.

Comparado ao período anterior, os meses de outubro, novembro e dezembro de 2019, ajustados para o período, o índice apresentou queda de 1,95%. Já na comparação do primeiro trimestre deste ano com o mesmo período de 2019, a queda ficou em 0,28%.

Em março, quando começaram as medidas de isolamento social, necessárias para o enfrentamento da pandemia, houve recuo de 5,90%, na comparação com fevereiro. Segundo os dados do Banco Central, esse foi o pior resultado mensal desde o início da série histórica, em janeiro de 2003. Em relação a março de 2019, a queda chegou a 1,52%.

Em 12 meses, terminados em março de 2020, houve expansão de 0,75%. Esse índice é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o Banco Central a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

Além disso, traz informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços, e agropecuária, além do volume de impostos.

5/5 - (1 vote)
Mostre mais

# EBC

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo