Jornal de Goiás – Perda do paladar e do olfato é considerada sintoma clássico da Covid-19

Os sintomas da covid-19 começaram leves para a servidora pública, Taiana Ribeiro, de 35 anos: febre baixa e tosse seca. Só depois de alguns dias é que outros sinais apareceram, como a falta de ar e diarreia.

Foi aí que Taiana procurou um hospital, onde fez alguns exames e foi liberada para aguardar, em casa, o resultado do teste do novo coronavírus. Antes mesmo de ter a certeza que estava infectada, ela teve sintomas bem específicos que chamaram a atenção, como a perda de olfato e paladar.

O infectologista David Urbaez, explica que como se trata de um novo vírus, os médicos estão observando dia a dia os quadros clínicos dos pacientes para entender melhor como a Covid-19 se manifesta. A perda do olfato e do paladar já é considerada um sintoma clássico do novo coronavírus.

Dr. Davi ainda faz um alerta: como estamos em tempos de muitas doenças virais, como a gripe e a dengue, é importante o paciente estar atento aos sintomas para que os médicos façam as avaliações corretas e para que sejam pedidos os exames necessários para o diagnóstico.

O primeiro caso da Covid-19 no mundo foi registrado em 2019, na cidade de Wuhan, na China. Hoje, o vírus já se alastrou por quase todo mundo, tornando-se uma pandemia mundial.

5/5 - (1 vote)
Mostre mais

# EBC

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo