Jornais de Goiânia – Em reunião da OMS, Pazuello diz que Brasil dialoga com governos locais para o combate à Covid-19

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que ocupa o cargo interinamente após a saída, na semana passada, de Nelson Teich, participou, nesta segunda-feira (18), de uma videoconferência realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com ministros da saúde de todo o mundo. No encontro, ele afirmou que o Brasil dialoga com todas as esferas governamentais para vencer o novo coronavírus.

O atual ministro usou pouco mais de dois minutos para mandar uma mensagem aos demais colegas de pasta. Pazuello, que leu um texto em inglês, começou se solidarizando com as famílias que perderam pessoas para a doença, em especial no Brasil. Disse ainda que a pandemia mostrou a importância da saúde universal para o desenvolvimento e a segurança das nações.

Ele falou um pouco sobre os comitês de crise montados pelo governo federal para coordenar o enfrentamento à Covid-19 e destacou que, por ser um país continental, o Brasil tem adotado estratégias diferentes para cada uma das regiões através do diálogo entre os três entes federativos, a União, os estados e os municípios.

O pronunciamento do ministro na OMS não abordou a discordância entre o governo federal e alguns estados e municípios sobre a melhor forma de conduzir as políticas de enfrentamento à pandemia.

Ao final da curta fala, o ministro agradeceu aos profissionais de saúde e reafirmou o compromisso do país em apoiar as iniciativas internacionais e a aliança global pelo acesso universal a uma futura vacina e aos tratamentos contra a Covid-19.

5/5 - (1 vote)
Mostre mais

# EBC

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo