Connect with us

Brasil

Jornais de Goiânia – Brasil criou 320 mil empresas em janeiro, aponta Serasa Experian

# EBC

Published

on

O Brasil registrou um aumento de 21,7% na abertura de empresas em janeiro, em relação ao mesmo mês no ano passado. No mês, foram abertos 320.512 novos empreendimentos, segundo dados da Serasa Experian. O número é recorde nos levantamentos realizados pela entidade, desde 2010.

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa apontou que as sociedades limitadas puxaram a variação, com aumento de 78,8% no período. Ainda assim, os microempreendedores individuais são maioria, representando 80,6% do total de novos negócios. Na comparação com dezembro de 2019, o crescimento foi de 73,6%.

Para o economista da entidade Luiz Rabi, o mês registrou expansão recorde por conta da necessidade dos brasileiros de gerar renda em um período econômico de crescimento abaixo do esperado. “Há uma demanda maior de novos negócios no início do ano, uma tendência natural pela queda da atividade durante as festas de fim de ano. Mas este ano ainda temos um alto nível de desemprego, o que faz com que as pessoas abram negócios e se formalizem para terem recursos financeiros e mais segurança no caso de imprevistos”, disse.

Coronavírus

O economista avalia que a recente paralisação de alguns setores devido às medidas de isolamento social para combater a pandemia da covid-19 deve trazer desafios aos novos empreendimentos. “Empresas recém-criadas, principalmente os pequenos negócios que contam com pouco capital de giro, são mais sensíveis à queda do faturamento e devem enfrentar dificuldades para manter o equilíbrio financeiro”, disse Rabi.

“O momento atual vai exigir desses novos empresários um replanejamento de metas, capacidade para otimizar recursos e habilidade para negociar prazos e condições com seus fornecedores e instituições de crédito”, acrescentou.

A Região Norte se destacou, registrando o maior crescimento no número de novas empresas desde março de 2019. No primeiro mês deste ano, a variação foi de 33% em relação a janeiro de 2019, com mais de 15 mil negócios abertos. O Centro-Oeste vem na sequência, com 25,6% de crescimento.

Entre os estados, o Amazonas liderou o indicador, com alta de 56,4% no comparativo entre janeiro 2020 e 2019, seguido por Amapá (52%), Roraima (44,3%), Paraná (41%), Sergipe (35,4%), Maranhão (33,7%).

O mês de janeiro registrou crescimento de novas empresas em todos os segmentos, com destaque para serviços (24,7%). A área representa 69,3% do total de negócios abertos no mês, seguida por comércio (22,1%) e indústria (7,3%).

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

TV Opinião Goiás