Especial com Alcivando Lima – VOU-ME EMBORA PARA MARTE, LÁ NÃO TEM REI, DITADOR E NEM PRESIDENTE

“Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido”. Fernando Pessoa – (Poeta Português).

 

— Cara, tá brabo, não aguento mais. Vou-me embora pra Marte, lá não tem rei, presidente, ditador, deputados, senadores, procuradores, mordomias.

— O que é isso querida, porque esse esmorecimento, esse semblante de quem está prestes a cair no choro?

— Não agüento mais ver tanto atraso, de ouvir discursos nefários e inflação corroendo salários. — Respondeu-lhe derreando seus olhos para o nada.

 — Atraso? Só se for o de vacina, isto sim!

— Isso mesmo. O planeta vive numa pororoca de vírus. O homo sapiens utiliza combustível fóssil, poluente, caro e letal. Não usa o sol e o vento.

— O Brasil é auto-suficiente no combustível fóssil e tem uma caríssima estatal que rege tudo. Empresa tem que dar lucro e em seu nome aumenta, semanalmente, seus preços, seguindo o que dita o mercado internacional.

— Seus nababos se empanturram de bilhões de dólares, suas tripas convulsionam-se e ao arriarem as calças erram as bocas dos vasos sanitários banhados a ouro e as descarregam no país inteiro esparramando um odor bafiento, empesteando os brasileiros semana sim e a outra também.

— Não quero uma, duas, seis armas para matar, quero vacina para salvaguardar e livros, boa música e condições de me locomover.

— Vou pegar carona com uma nave espacial e me mandar pra Marte. Lá não tem presidente, arquiduque, rei, procuradores, juízes, bancadas da bíblia, da bala, deputados chinfrins, nem oitocentos partidos pra morder o povo, nem trezentos e tantos tipos de impostos pra sustentar milhões de marajás com salários de mais de um milhão de reais e mais mordomias.

— Não mais verás os boquirrotos e estarás longe da peste? Certo querida?

— Lógico cara! Transformar-me-ei numa livre, leve e solta Marciana.

— Sei não! Paira sobre nossas cabeças um cheiro de querosene queimado, indicando que já pirulitaram pra lá milhares de foguetes entupidos de gentes pra tomar posse de tudo com suas forças armadas, ministros, bancadas da bíblia, da bala, parlamentares chinfrins, inquisidores, chefes e subchefes de partidos políticos, negacionistas, milhões de marajás, donos de igrejas e…

5/5 - (1 vote)
Mostre mais

Alcivando Lima - Opinião Leitor

Alcivando Lima é escritor. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo