conecte-se conosco

Brasil

Especial com Alcivando Lima – SOBRE TUDO

Publicada

em

Imagem/Freepik

Poderão cortar todas as flores, mas não poderão deter a primavera. (Pablo Neruda).

 

O que atendia por Zezé, vociferava — Seu rosto é averso à imagem do bem.

— Parece um calango verde com uma franja caindo-lhe na testa — retrucou outro, por Tunico atendendo.

— Sua língua bífida, é pestilenta. — redargüiu Zezé

— E adora brincar de guerra — Aguilhoa Tunico — Junta-se a outros calanguinhos e garram a fazer arminhas com as mãos, fuzilando socialista, jornalista, professor, escritor ou cientista. Morro de medo dessa turma pegar uma arma verdadeira e… rrrratatatá. Faz de tudo pra eleger broncos e marombados oligofrênicos, (de origem hereditária ou adquirida por ouvir suas bravatas) para as casas de leis. Porém, sua vontade é fechar tudo. Ficar só ele no timão da nau Brasil. — Tremelicando o corpo, Tunico frisou — Pelo meu jeito besta de andar, rezo para não cruzar o caminho desses brucutus, pois podem me metralhar ou masgaiar minha cara com socos e dentadas alegando que tentei puxei uma pistola, enquanto eu só queria pegar minha caneta.

— É — concluiu Zezé — Coprólogo que é, vai me xingar de filho da puta porque quero tomar vacina. Vacina pra quê? Quer virar jacaré? Para com esses mimimis, para com essas frescuras, porra! Temos bateladas de comprimidos pra isso — rosna ele, pregando a extinção da laia dos escrevedores que militam na imprensa.

— E se reclamar da inércia do governo, ele manda a gente ir tomar vacina na casa da mãe ou na casa do carvalho. Arre! — Emendou Tunico, desacoroçoado.

— Olha — Encafifou Zezé, de sobrolho franzido e um olhar de gelar a espinha, qual a carantonha feroz que um conhecido político faz quando lhe pisam no calo — Se eu tiver que aspirar o frio ar da morte por única e exclusiva birra de atos genocidas, juro pra Deus que volto às tantas horas e vou garrar no pé desse ou dessa sassafrás e falarei, com aquela voz gutural de fantasma: Você, que se diz macho sarado, de agora em diante vai mijar agachado, ou: Você que se diz  mulé, doravante mijarás em pé. (Não, não vale. A maioria vai vibrar por finalmente sair do armário). Então, falo assim: Você, que gorgolou feito peru e conjurou, mancomunou, conspirou ganhando muito dinheiro atrapalhando a vacinação, vai fritar no caldeirão do belzebu (Não, também não serve, esse povo não teme fritura, aliás, adora). Ah, já sei: Terás uma longeva vida de porteiro num dos parlamentos, barrando, desarmado, quem não apresentar certificação de vacina de catapora e covid. Combinado?

Alcivando Lima é escritor.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV Opinião Goiás