conecte-se conosco

Brasil

Especial com Alcivando Lima – POR QUE SERÁ?

Publicada

em

Imagem de Freepik

 “Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam.”  Platão

— Continuo, preocupado!

— Ué, logo agora que o sereno, o “ascético”, o educado, cortês e bem criado chefão está com a faca e três, repito, três, três queijos na mão?

— Né, não! Veja: Para se construir casa, prédio, ponte, túnel, viaduto, entre outras coisas, recorre-se a profissionais gabaritados para desenvolver os projetos. Estes se debruçam sobre suas “pranchetas” para engendrar equilíbrio entre a natureza e as coisas criadas pelo bicho homem. Uma represa hidrelétrica requer mais, requer estudos geológicos, arqueológicos, paleontológicos, ondulações orográficas e, claro, índices pluviométricos para se saber quanto de água cairá no local adrede escolhido e coisa e tal, além duma referência geoestratégica para se inundar o local, inundar matas, cerrados e demais terras onde irão acumular águas contidas por uma barragem de concreto e ferro e, para isto, força a retirada de milhares de moradores de cidadelas, milhões de vidas animal perecerão e bilhões de reais serão gastos para depois entregar a rapadura por dois mil réis que logo mais valerá trezentas vezes mais. Os doutores nessas ciências exorcizam os coiós de argola que, nos momentos escatológicos, resolvem meter a colher de pau, são gentes que não sabem o chão em que pisa e os doutores temperam: Vá pentear macaco, energúmeno desqualificado. Ora, ora, — retruco de cá — estou falando do que vejo na TV, ouço rádios, leio jornais e revistas me informam que chove em tudo quanto é banda, menos na região dos reservatórios da região tal que estão a grito e se não chover logo logo o pau vai cair a folha. Passo para outro canal e lá está: Aqui sapo ta morrendo afogado e se não chover na bacia que abastece a hidrelétrica fulana, esta irá pros cafundós do Judas.Teco todos os outros canais e estão lá lindas apresentadoras aflitíssimas com a situação, alertando que a continuar essa sequidão, não sei o que será de nós, minha nossa senhora, vai todo mundo morrer esturricado! (e mostram bichinhos morrendo de sede).

Chove muito na região sicrana, muito, mas muito mesmo que chega levou carros, carroças, animais e as quiçaças dos seus cidadãos. Mas, aí é que vem a prova dos nove, aí está o busílis da questão: Não choveu nem uma gotinha onde estão os reservatórios e, dizem as más línguas, não vai chover tão cedo. Por que será?

E tome tabela vermelha na cacunda por gastar com ar condicionado, geladeira, forno elétrico, fritadeira, sanduicheira e outras traquitanas que as indústrias só inventam pra contrariar governos e enriquecer as operadoras multinacionais.

Há uma névoa impedindo que se veja algo que transgride nossa vã credulidade e me sinto que estão nos fazendo de bobo, aliás, tenho certeza de que troçam com a nossa cara há séculos.

Por que não investem nos sistemas não devastadores, barato e eficaz como o sol e vento? Por que será?

Se você for fazer por conta própria não dá conta, só rico.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV Opinião Goiás