conecte-se conosco

Destaque

Qual o tratamento do Herpes-Zóster em Idosos?

Publicada

em

Herpes-Zóster é popularmente chamada de “cobreiro”. É causado pelo Varicella Zoster Vírus (VZV) ou herpesvírus humano tipo 3. É o mesmo vírus que causa a famosa catapora ou varicela. A maioria das pessoas adultas e idosos apresentaram catapora na infância (a infecção primaria). Depois de resolvida, o VZV permanece latente em terminações nervosas. Devido a condições de baixa da imunidade, como doenças agudas e crônicas, estresse emocional e o próprio envelhecimento, pode ocorrer a reativação do VZV em alguma área do corpo, que geralmente reflete uma inervação (dermátomo) – uma área em faixa em uma região do corpo.

A manifestação cutânea geralmente é uma faixa de lesões bolhosas e vermelhas (vesículas) que são doloridas e ardem. Mas o que mais incomoda e que de fato é mais preocupante é a lesão no nervo acometido. Esta sim, se manifesta com dor persistente de intensidade moderada a forte, muitas vezes implicando na prescrição de combinações de medicações em altas doses.Se não tratada precocemente, pode se tornar uma dor crônica por neurite pós-herpética, com comprometimento da qualidade de vida.

O tratamento com antiviral e sintomáticos idealmente deve ser iniciado tão logo forem detectadas as lesões cutâneas, de preferência nas primeiras 48 h.

Muito importante é a prevenção. Existe a vacina contra Herpes-Zóster, em dose única. Em geral, ela é recomendada para pessoas a partir de 50 anos. A imunização não é 100%, mas é considerada efetiva, pois a pessoa imunizada, se mesmo assim vier a ser acometida pela Herpes -Zóster, desenvolve uma forma mais branda, com menos sintomas.

Uma verdade… uma pessoa pode nunca ter Herpes-Zóster, mas quem tem jamais esquece. Por isso, de uma forma geral, o Geriatra recomenda a vacinação para seus pacientes idosos. Além disso, é capaz de identificar e tratar a doença, muitas vezes em conjunto com terapias não farmacológicas ou procedimentos minimamente invasivos para conter a sequela de dor crônica.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

Agende sua consulta!

Contato: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

Site: https://geriatriagoiania.com.br

 

Sobre a Dra Eliza de Oliveira Borges

– Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;

– Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Residência em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Titulada em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG);

– Pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto PalliumLatinoamérica / Medicina Paliativa, Buenos Aires- Argentina;

– Preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Integrante do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP), Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Secretária Geral na Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Seção Goiás.

Dra. Eliza de Oliveira Borges é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br). CRM-GO: 14388 RQE: 9751. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário em Login

Deixe uma resposta

TV Opinião Goiás