Brasil

Recorde histórico intradia garante crescimento da Bovespa que atinge patamar de 8 mil pontos

Recorde histórico intradia garante crescimento da Bovespa que atinge patamar de 8 mil pontos
Jornal Opinião Goiás
Recorde histórico intradia garante crescimento da Bovespa que atinge patamar de 8 mil pontos
5 (100%) 6 votes

Jornal Opinião Goiás: 05 outubro 2017 – 13:42

O principal índice da bolsa de valores de São Paulo marcou um novo recorde histórico intradia na quinta-feira (05/10), atingindo sua marca de 78 mil pela primeira vez, com o otimismo reforçado pelas perspectivas positivas para a recuperação da economia, em uma sessão ainda apoiada pelo aumento de preços do petróleo, que impulsionou a Petrobras.

Às 12h10, o Ibovespa aumentou 1,07 por cento para 77.411 pontos. No máximo da sessão até agora, o índice subiu 1,87 por cento, para o máximo intradia de 78.024 pontos. A reviravolta financeira foi de 4,4 bilhões de reais.

Em um cenário de queda da inflação e das perspectivas de manutenção nas taxas de juros, aliado à procura de retornos mais elevados, o mercado de renda variável manteve-se forte, renovando altos históricos.

A recente emissão de títulos do Tesouro no exterior e um lançamento bem sucedido na véspera de bônus da Braskem também ajudaram a manter o tom positivo, com os comerciantes vendo a possibilidade de outras empresas aproveitarem o impulso para atrair taxas mais favoráveis.

Nesta sessão, a agenda esgotada e a calma relativa na cena política também ajudaram a diminuir a cautela nos mercados.

“Nada é feito em relação à segurança social e às reformas tributárias, mas como este é um problema a longo prazo, os investidores aproveitam o otimismo de curto prazo para alocar mais recursos na bolsa de valores”, afirma a empresa Lerosa Investimentos, analista da Lerosa Investimentos, escreveu em uma nota aos clientes.

DESTAQUES

– A PETROBRAS PN aumentou 2,68 por cento e a PETROBRAS ON subiu 2,39 por cento, em uma sessão alta para os preços do petróleo no mercado internacional.

– A BRASKEM PNA aumentou 1,69 por cento após a emissão de US $ 1,75 bilhão em títulos de cinco e dez anos, com uma demanda superior a US $ 8 bilhões – mais de 8 vezes maior do que o esperado.

– A VALE ON subiu 0,74 por cento, em linha com o otimismo predominante no mercado e após dados recentes sobre a atividade industrial na China, uma semana sem referência aos preços dos contratos de futuros de minério de ferro na China devido a férias nos pais.

– A USIMINAS PNA subiu 4,21 por cento, entre as maiores elevadas do Ibovespa e marcou a quinta sessão de negociação seguida de ganhos, depois de subir quase 19 por cento nas quatro sessões anteriores. As ações de aço continuam a refletir expectativas positivas para a economia global e os preços do aço.

– O CSN ON subiu 2,97% e o GERDAU PN aumentou 3,08%. No caso da Gerdau, além do otimismo na indústria siderúrgica, as ações também reagem à venda de operações no Chile por US $ 154 milhões, dentro de um programa de otimização de ativos, que já levou a empresa a parar de produzir na Europa.

– O ITAÚ UNIBANCO PN avançou 1,93 por cento e BRADESCO PN aumentou 1,12 por cento, apoiando os ganhos do Ibovespa devido ao peso em sua composição.

– ELETROPAULO PN, que não faz parte do Ibovespa, atingiu 7,52 por cento depois de assinar um memorando de entendimento com a ELETROBRAS, que visa negociar a base para um eventual acordo para fechar uma disputa legal de bilhões de dólares sobre um empréstimo feito pela Eletrobras para a Eletropaulo em 1986. A Eletropaulo informou anteriormente que, em caso de derrota, ficaria sujeita ao pagamento de quase R $ 2 bilhões ao estado. As ações PN da Eletrobras cresceram 0,16% e as ações ordinárias tiveram ganhos de 0,37%.

 

Tags: Brasil, Economia, São Paulo

Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Brasil
Jornal Opinião Goiás
@opiniaogoias

Redação do Jornal Opinião Goiás.