Connect with us

Destaque

Projeto de US $ 280 milhões liderado pela China no Quirguistão é abandonado após protestos

Projeto de US $ 280 milhões liderado pela China no Quirguistão é abandonado após protestos

Uma empresa chinesa retirou um projeto de US $ 280 milhões para construir um centro de logística no Quirguistão após protestos de centenas de moradores locais em uma nova demonstração de sentimentos anti-Pequim na Ásia Central.

O acordo assinado durante a visita do líder chinês Xi Jinping à antiga república soviética no ano passado previa a construção de armazéns, terminais de transporte, hotéis e outras instalações em uma zona de livre comércio perto da fronteira do Quirguistão com a China.

No entanto, centenas de habitantes locais viram isso como uma tomada de terras pelo vizinho gigante do Quirguistão e realizaram uma série de protestos exigindo que o projeto fosse cancelado.

A joint venture criada pela chinesa One Lead One (HK) Trading Limited e um parceiro do Quirguistão divulgou uma declaração na noite de segunda-feira, dizendo que era impossível trabalhar em um projeto grande e de longo prazo quando uma parte da população local se opõe.

“Eles avaliaram os riscos e tomaram uma decisão”, disse um porta-voz do primeiro-ministro do Quirguistão, Mukhammedkalyi Abilgaziyev.

No ano passado, centenas de moradores entraram em confronto com trabalhadores de uma empresa de mineração chinesa na província de Naryn, no Quirguistão – a mesma região destinada ao projeto de logística abandonado – depois de acusar a mineradora de envenenar o abastecimento de água local.

Confrontos semelhantes ocorreram em outras partes do Quirguistão.

Redação do Jornal Opinião Goiás.

Advertisement