Presidente iraquiano diz que Trump não pediu permissão para “observar o Irã”

O presidente iraquiano, Barham Salih, disse na segunda-feira que o presidente dos EUA, Donald Trump, não pediu permissão ao Iraque para que as tropas americanas estacionadas lá “observem o Irã”.

Falando em um fórum em Bagdá, Salih estava respondendo a uma pergunta sobre os comentários de Trump à CBS sobre como ele perguntaria às tropas estacionadas no Iraque para “vigiar” o Irã.

As tropas dos EUA no Iraque estão lá como parte de um acordo entre os dois países com uma missão específica de combate ao terrorismo, disse Salih, e que devem se ater a isso.

Trump disse que é importante manter uma presença militar dos EUA no Iraque para que Washington possa ficar de olho no Irã “porque o Irã é um problema real”, segundo uma entrevista da CBS no domingo.

“Não sobrecarregue o Iraque com seus próprios problemas”, disse Salih. “Os EUA são uma grande potência … mas não perseguem suas próprias prioridades políticas, vivemos aqui”.

O Iraque está em uma situação difícil, com o aumento das tensões entre seus dois maiores aliados, os Estados Unidos e o Irã.

“É de interesse fundamental para o Iraque ter boas relações com o Irã” e outros países vizinhos, disse Salih.

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo