Economia

Presidente dos EUA persiste em sair do Nafta e pretende acordos bilaterais

Presidente dos EUA persiste em sair do Nafta e pretende acordos bilaterais
Jornal Opinião Goiás
Presidente dos EUA persiste em sair do Nafta e pretende acordos bilaterais
5 (100%) 5 votes

Jornal Opinião Goiás: 10 outubro 2017 – 22:19

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, insistiu na terça-feira (10/10) para abandonar o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), dizendo que ele estava a favor de “acordos bilaterais” na véspera da quarta rodada de renegociações do pacto.

“Eu acho que a Nafta terá que ser fechada se for para melhorar. Fora disso, acredito que não é possível negociar um bom acordo”, disse o presidente à revista Forbes sobre o tratado de 23 anos que aboliu as fronteiras aduaneiras entre EUA, México e Canadá.

Trump, um firme defensor do protecionismo, celebrou a retirada de seu país do Acordo de Cooperação Econômica Transpacífico (TPP), que se destinava a formar a maior zona de livre comércio do mundo, que ele disse ser “uma versão de grande escala de Nafta” e teria sido “um desastre”.

“Eu gosto de acordos bilaterais”, disse ele.

“Você pode fazê-lo dessa maneira e fazer muito mais negócios, e se isso não funcionar para um país, você dá um aviso de 30 dias e renegociá-lo ou não”, explicou.

Esta não é a primeira vez que o Trump argumentou que os Estados Unidos deveriam sair do NAFTA. Nem é a primeira vez que o fez antes que os negociadores dos três países se sentem para modernizá-lo, como eles começaram a fazer em agosto em Washington.

Antes da segunda rodada na Cidade do México, Trump falou que o NAFTA “É o pior negócio comercial já feito”, acusando de perdA DE empregos para os americanos.

Os últimos comentários do presidente dos EUA não só coincidem com a quarta rodada da renegociação do Nafta, que será realizada em Washington de quarta até a próxima terça-feira, mas também com a visita do primeiro-ministro canadense Justin Trudeau.

O presidente do Canadá deve liderar Washington na quarta e quinta-feira para a mais exigente rodada de negociações sobre o comércio de madeira de construção e produtos lácteos entre os dois países.

 

Tags: Mundo, Economia

View Comments (2)

2 Comments

  1. Pingback: Possibilidade de fim de acordo nuclear com o Irã gera desdobramento na política dos EUA

  2. Pingback: Em uma onda repentina, Donald Trump quer reafirmar suas prioridades de campanha

Deixe seu comentário:

Economia
Jornal Opinião Goiás
@opiniaogoias

Redação do Jornal Opinião Goiás.