DestaqueManchetesMundo

Jornal de Goiânia – Tribunal ordena cunhado do rei da Espanha para prisão em cinco dias

O marido da princesa Cristina da Espanha, Inaki Urdangarin, condenado por corrupção, compareceu ao tribunal em Palma de Maiorca, onde foi ordenado que ele fosse preso em cinco dias

Um tribunal espanhol deu ao cunhado do rei, Inaki Urdangarin, cinco dias para se apresentar à cadeia depois que perdeu sua apelação contra uma condenação por corrupção e uma sentença de prisão, disse uma fonte judicial nesta quarta-feira.

O ex-jogador olímpico de handebol e marido da princesa Christina foi condenado a cinco anos e 10 meses de prisão em um caso que causou alvoroço na Espanha e contaminou a imagem da família real.

O jogador de 50 anos de idade foi considerado culpado no ano passado de desviar milhões de euros (dólares) entre 2004 e 2006 de uma fundação sem fins lucrativos que dirigiu na ilha de Maiorca.

Na quarta-feira, Urdangarin voou da Suíça, onde ele vive no exílio com sua família para Maiorca para comparecer ao tribunal.

No tribunal de Palma, ele foi recebido por uma horda de jornalistas e algumas pessoas que gritaram “ladrão” para ele, relatou um fotógrafo da AFP.

Urdangarin agora será preso nos próximos dias, a menos que faça um apelo final bem-sucedido ao Tribunal Constitucional – uma possibilidade considerada improvável.

O caso de corrupção provocou indignação durante a crise financeira da Espanha, quando Urdangarin passou a ser visto como um símbolo da corrupção percebida pela elite.

O escândalo contribuiu para a decisão do pai do rei Felipe VI, Juan Carlos I, de abdicar em 2014

Jornal de Goiânia – Tribunal ordena cunhado do rei da Espanha para prisão em cinco dias
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *