Connect with us

Destaque

Jornal de Goiânia – Três democratas do distrito financeiro apoiam a candidatura de Joe Biden

Jornal de Goiânia - Três democratas do distrito financeiro apoiam a candidatura de Joe Biden

O candidato presidencial dos EUA Joe Biden ganhou no domingo o apoio de três políticos que ajudaram os democratas a assumir o controle da Câmara dos Deputados em 2018, apoios que podem ajudar a reforçar os argumentos de que ele está melhor posicionado para afastar os republicanos este ano.

O apoio das representantes democratas dos EUA Elaine Luria, da Virgínia, e Chrissy Houlahan e Conor Lamb, da Pensilvânia, é uma evidência do apoio de Biden entre os democratas nos distritos que eram mantidos pelos republicanos antes da votação de 2018.

Se os democratas transmitirem a mensagem ou candidato errado durante a corrida presidencial, esses distritos poderão recorrer aos republicanos.

Todos os três parlamentares serviram nas forças armadas dos EUA e poderiam ajudar a chamar a atenção para a experiência de política externa de Biden como senador e vice-presidente de longa data.

A política externa foi lançada na corrida de 2020 pela decisão do presidente republicano Donald Trump de matar o comandante militar iraniano Qassem Soleimani com um ataque aéreo na sexta-feira que aumentou acentuadamente as tensões entre os dois países.

Biden, 77 anos, diz aos eleitores que sua experiência seria um trunfo importante como presidente, enquanto seus concorrentes costumam dizer que os eleitores estão procurando por algo novo e se concentrar nos aspectos de seu histórico que consideram insuficientes.

“Joe Biden é ‘testado em batalha’ no cenário mundial, no Congresso e na Casa Branca”, disse Luria em comunicado divulgado pela campanha de Biden. “Ele derrotará Donald Trump e vencerá em distritos difíceis como o meu.”

Biden é o principal candidato nas pesquisas de opinião pública nacionais entre os democratas que procuram enfrentar Trump nas eleições presidenciais de novembro. Os eleitores também votarão para os membros da Câmara, além de muitos assentos no Senado.

Antes de enfrentar os eleitores nas eleições gerais, Biden precisa primeiro ganhar a indicação de seu partido nas primárias, que ocorrerão estado a estado a partir do próximo mês, e ele enfrenta uma corrida difícil.

Pesquisas de opinião dos primeiros estados que irão pesar, Iowa e New Hampshire, sugerem que Biden pode perder para os senadores Bernie Sanders e Elizabeth Warren ou o ex-prefeito de South Bend, Indiana, Pete Buttigieg.

Biden tem argumentado cada vez mais que está mais bem posicionado para ajudar os democratas vulneráveis ​​a vencer eleições difíceis.

Recentemente, ele foi endossado por outra democrata da Câmara dos Deputados em 2018, Abby Finkenauer, de Iowa.

Gabriella é colunista do Jornal Opinião Goiás

Advertisement