DestaqueManchetesMundoPolítica

Jornal de Goiânia – Testemunhas-chave vão depor na investigação sobre impeachment de Trump

A investigação de impeachment contra o presidente dos EUA, Donald Trump, chegará a um momento crítico nesta quarta-feira, quando os parlamentares iniciarão suas primeiras audiências públicas na televisão, marcando uma nova fase que poderá determinar o destino de sua tumultuada presidência.

Os democratas que lideram a investigação da Câmara dos Deputados dos EUA convocaram três diplomatas dos EUA – todos os quais já haviam se manifestado em testemunhos a portas fechadas sobre os acordos de Trump com a Ucrânia – que irão testemunhar nas audiências públicas agendadas para quarta e sexta-feira.

Com uma audiência potencial de dezenas de milhões de espectadores, duas testemunhas – William Taylor, o principal diplomata dos EUA na Ucrânia, e George Kent, vice-secretário de Estado adjunto para assuntos europeus e euro-asiáticos – testemunharão perante o Comitê de Inteligência da Câmara na quarta-feira sobre se Trump pressionou indevidamente a Ucrânia por seu próprio benefício político.

Taylor, diplomata de carreira e ex-oficial do Exército dos EUA, serviu anteriormente como embaixador dos EUA na Ucrânia e agora é o encarregado de negócios da embaixada dos EUA em Kiev. Kent supervisiona a política da Ucrânia no Departamento de Estado.

Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar