Jornal de Goiânia – Rússia planeja entregar mísseis à Turquia em julho e EUA rechaçam anúncio

A Rússia disse nesta terça-feira que planeja entregar seus sistemas de defesa com mísseis S-400 à Turquia em julho, disparando a contagem regressiva para uma ameaça dos Estados Unidos de atingir o governo turco com sanções se este seguir adiante com um acordo que tensionou relações entre aliados da Otan.

A Turquia e os EUA brigaram publicamente por meses em razão dos pedidos turcos pelos S-400, que não são compatíveis com os sistemas da aliança transatlântica.

O governo norte-americano ameaçou remover a Turquia de seu programa de caças de combate F-35 a menos que deixe de lado o acordo, e estabeleceu seu próprio prazo de 1º de julho. Se os turcos aceitarem a entrega dos S-400, isso desencadearia sanções dos EUA que podem prolongar a recessão econômica da Turquia e levar a uma reavaliação de sua filiação de 67 anos à Otan.

A Turquia disse que uma resolução da Câmara dos Deputados dos EUA na segunda-feira condenando a compra dos S-400 e pedindo por sanções é inaceitavelmente ameaçadora.

Mais tarde nesta terça-feira em Moscou, o assessor do Kremlin Yury Ushakov disse a repórteres: “Os acordos alcançados entre a Rússia e a Turquia estão sendo cumpridos dentro do prazo no dado contexto. Não existem problemas bilaterais.”

Questionado se os mísseis terra-ar serão entregues em julho, ele disse: “Sim, é isso que planejamos de alguma forma.”

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo