Jornal de Goiânia – Planos de saúde terão reajuste de 7,93%; aumento é para programados de maio de 2019 a abril de 2020

Planos de saúde com reajustes programados para maio deste ano e abril de 2020 não poderão ter aumentos superiores a 7,93% na mensalidade.

O limite foi anunciado nessa terça-feira (23), pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.

A metodologia que definiu esse limite foi modificada pela própria agência e envolve a combinação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) com o Índice de Valor das Despesas Assistenciais (IVDA).

O percentual máximo para reajuste dos planos, definido agora, é o menor desde 2010.

No ano passado, a ANS autorizou o reajuste de 10% para planos individuais e familiares e, nos três anos anteriores, o reajuste máximo ficou em torno de 13%.

O limite de reajuste é válido para os planos de saúde individuais ou familiares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98.

Esse grupo inclui atualmente cerca de 8 milhões de usuários.

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo