Jornal de Goiânia – Bolsas dos EUA interrompem série de perdas após comentários de Trump sobre comércio

As bolsas de valores dos Estados Unidos se recuperaram nesta sexta-feira, quebrando uma série de quatro dias de perdas, após o presidente norte-americano, Donald Trump, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, dizerem que as negociações comerciais entre Washington e Pequim foram construtivas.

O Dow Jones subiu 0,44%, para 25.942,37 pontos. O S&P 500 ganhou 0,37%, para 2.881 pontos. E o Nasdaq teve variação positiva de 0,08%, a 7.916,94 pontos. Na semana, o Dow caiu 2,12%, o S&P 500 cedeu 2,17% e o Nasdaq recuou 3,03%.

No pior momento do dia, o S&P 500 caiu 1,6%, mas se recuperou após Mnuchin falar de forma positiva sobre as negociações de dois dias entre os dois países.

O mercado acelerou ganhos após Trump ecoar esse sentimento em uma série de tuítes. Mas o S&P 500 devolveu parte dos ganhos perto do fim da sessão, depois de Mnuchin dizer que nenhuma outra negociação comercial estava planejada, segundo a CNBC.

A despeito da alta desta sexta-feira, tanto o S&P 500 quanto o Nasdaq amargaram a pior semana do ano.

“O mercado percebeu as declarações (de Mnuchin e Trump) são mais políticas do que indicativas de mudança na estratégia”, disse Oliver Pursche, estrategista-chefe da Bruderman Asset Management. “Nada mudou em termos de nossa tese de investimento. No curto prazo, a China precisa de um acordo comercial mais do que os EUA. Mas, no longo prazo, os EUA precisam mais do que a China. Efetivamente, é um bom equilíbrio.”

As ações do Uber caíram 7,6% no pregão de estreia.

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo