DestaqueManchetesMundoPolítica

Jornais de Goiás – Universidade Charles de Praga fechou seu Centro Tcheco-Chinês por falta de financiamento

A Universidade Charles de Praga fechou seu Centro Tcheco-Chinês, disse o reitor Tomas Zima nesta quarta-feira, depois que a mídia local relatou que a universidade não tinha recebido financiamento da embaixada chinesa que pretendia apoiar seus programas.

Os relatórios, publicados em outubro, levaram a secretária do Centro Tcheco-Chinês a renunciar. Zima fez seu anúncio em um comunicado publicado no site da universidade.

A República Tcheca tem tentado recentemente atrair dinheiro chinês depois de anos criticando o histórico de direitos humanos na China. No entanto, o impulso não gerou os bilhões de dólares esperados em investimentos chineses.

No mês passado, o conselho da cidade de Praga cancelou um acordo de parceria com Pequim.

E há um ano, o órgão de segurança cibernético alertou contra o uso de equipamentos fabricados pela Huawei e ZTE da China .

O Centro Tcheco-Chinês tinha como objetivo promover o intercâmbio acadêmico e cultural através de algumas faculdades da Universidade Charles.

Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar