Jornais de Goiás – Aeroporto de Hong Kong interrompe atividades após novos protestos contra governo

O aeroporto de Hong Kong cancelou todos os voos nesta segunda-feira, com autoridades culpando os manifestantes pela interrupção de um dos terminais mais movimentados do mundo, em uma dramática escalada dos protestos contra o governo que atingiram o centro financeiro da Ásia.

Em paralelo, uma autoridade da China alertou que sinais de “terrorismo” emergiam. A Polícia Armada do Povo da China se reuniu na cidade vizinha de Shenzhen para treinamentos, informou o jornal estatal Global Times.

Ambas as ações ocorreram após um fim de semana de confrontos entre policiais e ativistas, nos quais os dois lados parecem intensificar sua determinação com novas táticas.

Alguns dos 5 mil ativistas que ocupavam o saguão de desembarque do aeroporto pelo quarto dia foram até a área de embarque e causaram interrupções, informou a polícia de Hong Kong em uma coletiva de imprensa, sem dizer se iria dispersar os manifestantes.

O tráfego em ambos os sentidos do aeroporto foi severamente afetado.

“As operações aeroportuárias no Aeroporto Internacional de Hong Kong foram seriamente interrompidas… todos os vôos foram cancelados”, afirmou o órgão responsável pelo aeroporto em um comunicado.

“Todos os passageiros são aconselhados a deixar os edifícios do terminal o mais rápido possível.”

Havia congestionamento nas estradas para o aeroporto e os estacionamentos estavam cheios, acrescentou.

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo