EducaçãoMagazineManchetes

Habilidades de leitura caindo nos EUA, Canadá e França

Jornal Opinião Goiás: 05 dezembro 2017 – 17:47

A capacidade de leitura entre as crianças de 9 a 10 anos caiu nos EUA, Canadá, França e vários outros países desenvolvidos, de acordo com um estudo comparativo de 50 países publicado na terça-feira.

Dez países ficaram pior, em comparação com cinco anos atrás, na avaliação de alunos de 2016 PIRLS em seu quarto ano de escolaridade – Bélgica, Canadá, Dinamarca, França, Irã, Israel, Malta, Nova Zelândia, Portugal e os EUA.

Dezoito, incluindo a Inglaterra, Rússia e Qatar fizeram melhorias.

Rússia e Cingapura lideraram os conselhos com 581 e 576 pontos, respectivamente, no estudo de 319 mil crianças, que foram avaliadas quanto à capacidade de entender textos literários e informativos.

O Egito marcou 330 pontos, enquanto a África do Sul terminou no fundo com 320 pontos.

As meninas superaram os meninos em 48 países, com uma diferença média de 19 pontos, e combinaram suas habilidades de leitura em dois – Portugal e Macau.

As habilidades de leitura dos meninos ficaram particularmente rezadas às das meninas na maioria dos países muçulmanos, como a Arábia Saudita, Omã e o Irã, mas a diferença também foi grande na África do Sul secular.

O estudo, realizado pela instituição de educação internacional da IEA, com sede nos Países Baixos, é o quarto do gênero desde 2001.

Contém informações comparativas sobre o tempo e os recursos dedicados ao ensino da leitura, mas não extrai conclusões, nem sugestões sobre como os países poderiam melhorar.

Outros achados incluem:

– Os padrões de leitura entre os alunos franceses de quarta série – que marcaram 511 pontos para conquistar o 34º lugar de 50, atrás do Cazaquistão – caíram de forma constante desde 2001.

– Na África do Sul, que era o único país africano a participar, as meninas puxaram seis pontos entre 2011 e 2016, enquanto os meninos caíram 12 pontos.

– No Irã, os níveis de leitura entre os dois sexos aumentaram entre 2006 e 2011 apenas para cair nos últimos cinco anos. A pontuação dos meninos caiu 41 pontos entre 2011 e 2016, em comparação com 15 pontos para as meninas.

– Nos EUA, 98 por cento dos alunos tinham uma biblioteca na sala de aula, em comparação com apenas 14 por cento no Egito.

 

Tags: Educação, Magazine, Manchetes

Habilidades de leitura caindo nos EUA, Canadá e França
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *