Goiânia

Goiânia: Colega de aluno da Universidade Federal de Goiás que ficou nu em sala de aula disse que ficou constrangida

Goiânia: Colega de aluno da Universidade Federal de Goiás que ficou nu em sala de aula disse que ficou constrangida
Jornal Opinião Goiás
Goiânia: Colega de aluno da Universidade Federal de Goiás que ficou nu em sala de aula disse que ficou constrangida
5 (100%) 10 votes

Goiânia: Colega de aluno da Universidade Federal de Goiás que ficou nu em sala de aula disse que ficou constrangida. O professor Juliano Ribeiro Moraes, que estava em sala de aula, já havia dito que tudo começou durante uma discussão sobre o artista pop Peter Thomas

Jornal Opinião Goiás: 15/09/2017 – 14:25

Nesta sexta-feira (15), colega de estudante que ficou pelado durante aula, disse que ficou “constrangida” com a atitude de nudez que assistiu em sala de aula da Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG ) em Goiânia. A imagem do menino nu, usando apenas um chapéu e sandálias, tomou conta das redes sociais.

O caso aconteceu na quarta-feira (13) pela manhã. A estudante universitária, que preferiu não se identificar, informa que o jovem começou a assistir a aula de arte contemporânea vestido, e quando deixou a sala por alguns minutos, retornou completamente sem roupa.

“Ele voltou completamente pelado, todos ficaram muito constrangidos. Ninguém sabia o que dizer. O professor disse algo e todos riram. Achei muito desnecessário”, esclarece a aluna.

O professor Juliano Ribeiro Moraes, que estava em sala de aula, já havia dito que tudo começou durante uma discussão sobre o artista pop Peter Thomas, que era conhecido por ser o artista da capa do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles.. Ele lidou com a situação como uma “piada”.

“Ele perguntou se a atitude era arte contemporânea e eu disse que sim, ele perguntou se tudo poderia ser arte, eu disse que dependia do artista, então ele saiu e voltou nu e perguntou se era arte. Era uma piada, Eu até perguntei se ele tinha sido roubado e se carregaram suas roupas “, disse o professor.

De acordo com a aluna, tinha cerca de 20 estudantes na sala de aula. Sendo que um desses presentes estava com uma criança de 2 anos de idade. Porém, nenhum aluno da faculdade retirou-se por causa da cena.

Juliano enfatizou que os alunos do curso tratam mais naturalmente assuntos relacionados à nudez. A aluna concorda, mas afirma que não havia contexto para uma atitude como a do colega e classifica o ato como “desrespeitoso”.

“Nós estamos acostumamos com modelos vivos. Estamos muito abertos, mas não foi nada contextualizado. Não houve conexão com o momento. No meu ponto de vista, foi exibicionismo”, conclui.

“Nós fizemos uma piada”

Juliano, que dá aulas na UFG a mais de sete anos, disse que algo parecido nunca aconteceu em suas aulas. No entanto, ele disse que os alunos e professores do curso não ficaram surpresos com a atitude.

“Ninguém ficou envergonhado ou teve sua moral ofendida, fizemos uma piada, ele tem o direito de protestar, provocar, vivemos calmamente, temos aulas com modelos vivos para que possamos desenhá-los. Isso existe há 500 anos”, explica.

O professor acredita que o aluno permaneceu cerca de 20 minutos nu, mas como nenhum dos outros colegas “lhe deu moral”, o jovem saiu e voltou para o quarto vestido com uma camiseta e uma saia, as mesmas peças com as quais ele havia chegado para assistir à aula.

O professor diz que a direção da Universidade Federal de Goiás o questionou sobre o ocorrido. Ele disse que explicou o caso e que “eles entenderam”.

Em comunicado, a assessoria de imprensa da UFG disse que não falará sobre o caso.

Goiânia: Colega de aluno da Universidade Federal de Goiás que ficou nu em sala de aula disse que ficou constrangida

Reprodução

 

Continue lendo as últimas notícias de Goiânia no Jornal Opinião Goiás

 

Goiânia, Goiás, Manchetes, UFG
Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Goiânia
Jornal Opinião Goiás
@opiniaogoias

Redação do Jornal Opinião Goiás.