DestaqueGeriatria GoiâniaGoiâniaGoiásMagazineManchetesSaúde

Geriatria Goiânia – Saiba quais são os medicamentos que devem ser evitados pelos idosos

A escolha do melhor medicamento para cada doença é um processo complexo, pois a prescrição ideal deveria possuir eficácia clínica comprovada, ser isenta de efeitos colaterais e com um custo acessível, o que muitas vezes não é completamente alcançável.

Com o envelhecimento a biodisponibilidade e a metabolização das medicações se alteram, o que frequentemente leva a potencialização dos efeitos indesejados.

O uso de medicamentos inadequados para a população idosa levam a reações adversas que podem ser incapacitantes ou ameaçadoras à vida e incluem: depressão, constipação, imobilidade, confusão mental, quedas, fraturas, entre outras.

A iatrogenia é considerada uma síndrome geriátrica e aumenta o risco de hospitalizações e mortalidade. Abaixo, listamos algumas medicações de uso potencialmente inapropriado entre os idosos:

– Benzodiazepínicos

São exemplos: clonazepam (Rivotril ®) e diazepam.

Porque evitar: se relacionam a alteração cognitiva, dependência química e sedação excessiva, aumentando o risco de quedas e fraturas.

-Antidepressivos tricíclicos

Causam sedação, hipotensão, quedas, fraturas, alterações cognitivas, arritmias cardíacas, boca seca, constipação, dentre outros efeitos adversos.

Porque evitar: atualmente existem opções mais seguras, com eficácia comprovada e menores taxas de efeitos colaterais.

-Antialérgicos sedativos

Exemplo: prometazina (Fenergan ®).

Porque evitar: causam sedação, confusão mental e alterações de memória com uso prolongado.

-Óleo mineral

Muito usado para tratar constipação.

Porque evitar: aumenta o risco de broncoaspiração e pneumonia, bem como diminui a absorção de vitaminas A, D, E e K.

-Relaxantes musculares

Exemplo: ciclobenzaprina (Miosan ®)

A maioria dos relaxantes musculares não é tolerada por idosos devido aos efeitos, como sedação e consequente risco de quedas e fraturas.

– Anti-inflamatórios

Exemplos: diclofenaco, ibuprofeno, torsilax ®

Porque evitar: quando usados por longo período, aumentam os riscos de úlceras gástricas e hemorragia digestiva, pioram a função renal e alteram a pressão arterial.

– Anti-vertiginosos

Exemplos: flunarizina, cinarizina

Porque evitar: seu uso regular pode agravar sintomas depressivos e causar parkinsonismo.

Existem vários outros medicamentos que também podem causar danos a população idosa, por isso não os utilize sem prescrição médica..

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3086-1517

Endereço: Clínica Supere – Rua 13, nº 19, Setor Oeste – Goiânia – Goiás.

CEP: 74120-060

Geriatria Goiânia – Saiba quais são os medicamentos que devem ser evitados pelos idosos
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

Dra. Jaqueline Souza Lacerda é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br). CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *