Geriatria Goiânia – O que é Síndrome da Imobilidade?

A imobilidade se caracteriza pela supressão dos movimentos de uma ou mais articulações. Ainda, nesse contexto, quando consideramos as alterações negativas provenientes do decúbito prolongado e que impedem a mudança postural temos a Síndrome de Imobilidade. Suas consequências incluem problemas circulatórios, dermatológicos, digestivos, respiratórios, psicológicos e, consequentemente, maior morbimortalidade.

São diversas as condições que podem levar a síndrome da imobilidade, como doenças neurológicas e desordens psiquiátricas, doenças osteoarticulares, cardiorrespiratórias e vasculares, alterações musculares e déficits neurossensoriais. Lembrando ainda da polifarmácia.

Os critérios diagnósticos incluem a presença de declínio cognitivo moderado a grave e múltiplas contraturas, além de pelo menos dois dos seguintes: dupla incontinência, disfagia, afasia e lesões por pressão.

Nosso corpo é composto por 40% de músculos esqueléticos, ou seja, foi feito para ter mobilidade. A atividade física é fundamental para a manutenção dos sistemas músculo-esquelético, sensorial e circulatório. Daí o porque das alterações provenientes de longos períodos de imobilidade iniciarem cedo e evoluirem rapidamente. Lembrando que, quanto maior o período de imobilização, mais difícil se torna a reabilitação e reversão completa do quadro.

Com relação ao sistema músculo-esquelético podem ocorrer hipotrofia ou atrofia muscular, perda do condicionamento, contraturas, osteoporose, osteopenia, deterioração articular, ossificação heterotópica, osteomielite e até deformidades permanentes.

As alterações no sistema respiratório incluem: diminuição do trabalho com consequente perda de força da musculatura ventilatória, diminuição do volume e capacidade pulmonar, infecções pulmonares, broncoaspiração e redução do reflexo de tosse.

No sistema cardiovascular ocorrem perda do condicionamento cardíaco, hipotensão ortostática e trombose venosa profunda. Outras alterações provenientes da síndrome de imobilidade incluem infecções urinárias, cálculo renal, incontinência urinária, perda de apetite, incontinência fecal, constipação e obstrução intestinal. O surgimento de úlceras por pressão é frequente e pode causar dor e infecções.

Sua abordagem deve ser multidisciplinar e visa o controle de sintomas como a dor e a prevenção da evolução para a deformidade fixa.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3086-1517

Endereço: Clínica Supere – Rua 13, nº 19, Setor Oeste – Goiânia – Goiás.

CEP: 74120-060

Mostre mais

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

Dra. Jaqueline Souza Lacerda é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br). CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo