AgronegócioDestaqueGoiâniaGoiásManchetes

BRF despenca de “Ba1” para “Ba2” e segue com especulação negativa

Segundo a Moody’s, uma recuperação da maior exportadora de carne de frango do mundo deve levar mais tempo que o esperado.

A agência de classificação de risco Moody’s reduziu nesta terça-feira a nota da BRF de “Ba1” para “Ba2” e manteve a perspectiva em negativo, sinalizando que novos cortes podem ocorrer nos próximos meses.

“A decisão foi disparada pelas fracas métricas de crédito da companhia e nossa expectativa de que a alavancagem vai continuar elevada nos próximos trimestres”, escreveu a Moody’s em comunicado. A alavancagem da BRF passou de 4,6 vezes em 2016 para 5,6 vezes em 2017, de acordo com agência.

Segundo a Moody’s, uma recuperação da maior exportadora de carne de frango do mundo deve levar mais tempo que o esperado. Além disso, a agência avalia que a mais recente fase da operação Carne Fraca e discussões sobre mudança dos membros do conselho de administração da BRF “serão uma distração em um momento em que o foco deveria estar em execução”.

A agência avalia, porém, que as três fábricas da BRF que foram impedidas de exportar para 12 países pelo Ministério da Agricultura após a deflagração da nova fase da Carne Fraca na segunda-feira terão um impacto potencial de menos de 1 por cento sobre as exportações totais da BRF.

BRF despenca de “Ba1” para “Ba2” e segue com especulação negativa
5 (100%) 1 vote
Tags
Mostre mais

# Reuters

Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *