Goiânia

Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação

Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação
Jornal Opinião Goiás
Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação
5 (100%) 5 votes

Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação. A medida, de acordo com a afirmação, visa “garantir a segurança dos pacientes já hospitalizados no hospital

Jornal Opinião Goiás: 05/09/2017 – 23:43

Após quatro meses, o Hospital Materno Infantil (HMI) suspendeu novamente, indefinidamente, novas internações nas áreas de Obstetrícia e Neonatologia da unidade, em Goiânia – Goiás. Em uma nota, a instituição reivindicou isso novamente, como em abril / 2017, a superlotação motivou a decisão. A medida, de acordo com a afirmação, visa “garantir a segurança dos pacientes já hospitalizados no hospital”.

A suspensão começou na segunda-feira (4). Ainda de acordo com a Hospital Materno Infantil, o bloqueio para novas hospitalizações permanecerá até que o Centro de Regulação de Goiânia, responsável pela liberação de vagas do Sistema Único de Saúde Unificado (SUS), transfira os pacientes excedentes para as demais unidades convencionadas.

Além disso, o Hospital Materno Infantil disse que a prioridade será dada aos casos considerados de risco médio e alto, que correspondem ao perfil da unidade. Situações que envolvem baixo risco serão direcionadas para outros hospitais.

O Hospital Materno Infantil informa que já notificou “todos os órgãos reguladores, gestores e fiscalizadores” sobre o bloqueio e que o serviço será normalizado logo que a questão do excedente seja resolvida.

Problema é recorrente

Em 25 de abril / 2017, o Hospital Materno Infantil também suspendeu novas hospitalizações pelo mesmo motivo. A situação ocorreu pouco mais de um mês depois que o hospital isolou duas áreas devido à morte de dois recém-nascidos infectados com as superbacterias Klebsiella pneumoniae Carbapenemase (KPC).

Na época, o hospital disse que o superlotação causou a contaminação.

Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação

Reprodução

Em Goiânia, Hospital Materno Infantil suspende internações por motivo de superlotação

Reprodução

 

Continue lendo as notícias de Goiânia no Jornal Opinião Goiás

 

Goiás, Goiânia, Manchetes

 

Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Goiânia
Jornal Opinião Goiás
@opiniaogoias

Redação do Jornal Opinião Goiás.