Goiânia

Goiânia: Motoqueiro com ajuda de irmão são presos por roubo de celulares em ruas e paradas de ônibus

Goiânia: Motoqueiro com ajuda de irmão são presos por roubo de celulares em ruas e paradas de ônibus
Jornal Opinião Goiás
Goiânia: Motoqueiro com ajuda de irmão são presos por roubo de celulares em ruas e paradas de ônibus
5 (100%) 8 votes

Goiânia: Motoqueiro com ajuda de irmão são presos por roubo de celulares em ruas e paradas de ônibus. Segundo a Polícia Civil do Estado de Goiás, Altamiro Rodrigues de Sousa Neto estava agindo em parceria com seu irmão, Rone Lourenço de Sousa, 22 anos, que inclusive já foi detido por 15 dias por tráfico de drogas e posse ilegal de armas

Jornal Opinião Goiás: 01/09/2017 – 19:35

O motoqueiro Altamiro Rodrigues de Sousa Neto, de 26 anos, foi preso por suspeita de roubar vários telefones celulares no Setor Vila Finsocial – Goiânia. Segundo a Polícia Civil do Estado de Goiás, ele estava agindo em parceria com seu irmão, Rone Lourenço de Sousa, 22 anos, que inclusive já foi detido por 15 dias por tráfico de drogas e posse ilegal de armas.

Altamiro foi preso na quinta-feira (31). A polícia chegou a ele depois que uma filmagem mostrou um roubo realizado no dia 2 de agosto / 2017.

“Conseguimos identificar os primeiros números na placa da moto que eles usaram. Após uma investigação, chegamos ao proprietário da moto e pedimos sua prisão”, disse o delegado Alexandre Otaviano Nogueira, responsável pelo caso.

Segundo as investigações, Altamiro ganhou cerca de R $ 100 por semana com os roubos. Após os crimes, Rone vendia os celulares e passava dinheiro para o irmão. As vítimas foram abordadas na rua ou em paradas de ônibus. “Altamiro pilotava a moto e Rone ficava armado, na garupa”, esclarece Nogueira.

A polícia ainda não tem a quantidade de celulares roubados, mas estima que os dois estão operando desde julho / 2017. Eles responderão por roubo.

Goiânia: Motoqueiro com ajuda de irmão são presos por roubo de celulares em ruas e paradas de ônibus

Reprodução

 

Goiânia, Goiás, Manchetes 
Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Goiânia
Jornal Opinião Goiás
@opiniaogoias

Redação do Jornal Opinião Goiás.