Bradesco

Caixa Econômica Federal tem adesão de mais de 2 mil no programa de demissão voluntária. Banco Bradesco segue o mesmo sistema

Caixa Econômica Federal tem adesão de mais de 2 mil no programa de demissão voluntária. Banco Bradesco segue o mesmo sistema
Gil Campos
Caixa Econômica Federal tem adesão de mais de 2 mil no programa de demissão voluntária. Banco Bradesco segue o mesmo sistema
5 (100%) 10 votes

Caixa Econômica Federal tem adesão de mais de 2 mil no segundo programa de demissão voluntária. Banco Bradesco segue o mesmo sistema.  Em outra iniciativa a Caixa já obteve a adesão de 4.645 mil funcionários

09/08/2017 – 12:06:27

Com apenas uma semana o segundo programa extraordinário de demissão voluntária extraordinário (PDVE) de 2017, a Caixa Econômica Federal recebeu mais de 2.000 mil adesões. A demanda corresponde a apenas metade do limite máximo de 5,48 mil funcionários. Porém, foi bem-recebida pela alta cúpula do banco da Caixa Econômica Federal. Isso ocorre porque, na outra iniciativa que fez em 2017, a Caixa Econômica Federal já obteve a adesão de 4.645 mil funcionários. Portanto, o banco não espera que este segundo movimento tenha um alcance muito maior do que o já registrado. A adesão é válida até 14 de agosto / 2017.

Efeitos

Além da Caixa Econômica Federal, o Banco Bradesco também possui um Programa de Demissão Voluntária (PDV) em busca de redução da gordura que surgiu devido à integração do HSBC Brasil. No banco privado, o prazo é até o final de agosto / 2017. A expectativa do Bradesco, no primeiro Programa de Demissão Voluntária de sua vida, é alcançar uma adesão entre 5 mil e 10 mil funcionários.

 

Economia, Manchetes, Caixa Econômica Federal, Programa de Demissão Voluntária, Bradesco, Notícias da Economia

 

 

Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Bradesco
Gil Campos
@opiniaogoias

Gil Campos é diretor, jornalista e publicitário.