Brasil

Próximo governo vai ter de enfrentar reforma da Previdência se não for aprovada agora, diz Meirelles

Próximo governo vai ter de enfrentar reforma da Previdência se não for aprovada agora, diz Meirelles
Imprensa
Próximo governo vai ter de enfrentar reforma da Previdência se não for aprovada agora, diz Meirelles
Avalie esta postagem

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira que o próximo governo terá de enfrentar a reforma da Previdência se não for aprovada até o fim deste mandato.

“A proposta como está hoje preserva 75 por cento dos ganhos que nós prevíamos, está dentro do que esperávamos. Vamos supor que tenha mais algumas coisas e caia um pouco, mas ainda dentro de um patamar sustentável, a vida da próxima administração vai ser mais fácil”, afirmou o ministro ao participar de evento na Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro.

“Mas vamos supor que não aprove nada, o próximo governo vai ter que enfrentar a reforma da Previdência, vai ser mais difícil”, disse.

Meirelles também afirmou que espera uma queda gradual dos juros diante da expectativa de continuidade de aprovação da reformas e com o Banco Central controlando as expectativas de inflação. Atualmente, a taxa básica de juros está em 10,25 por cento ano.

Reuters
Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Brasil
Imprensa
@opiniaogoias

Conteúdo da Imprensa