Esporte

Brasil vence Estados Unidos e se classifica para final da Liga Mundial de Vôlei

Brasil vence Estados Unidos e se classifica para final da Liga Mundial de Vôlei
Imprensa
Brasil vence Estados Unidos e se classifica para final da Liga Mundial de Vôlei
Avalie esta postagem

O Brasil confirmou nesta sexta-feira o seu favoritismo na Liga Mundial de Vôlei e vai à final, após vencer os Estados Unidos por três sets a um (25-20, 23-25, 25-20, 25-19), na semifinal em Curitiba.

Os atuais campeões olímpicos vão buscar, neste sábado, seu 10º título no torneio, contra o vencedor da partida entre França e Canadá, a última do dia.

Com o lugar na final garantido, só falta um passo para o Brasil acabar com a seca de sete anos sem subir ao lugar mais alto do pódio da Liga Mundial. Desde o seu último troféu, em 2010, o anfitrião perdeu quatro finais.

Se chegar lá, esse será o primeiro título do novo técnico Renan Dal Zotto, que está começando um novo ciclo à frente da seleção.

No comando desde janeiro, ele tem a dura missão de substituir Bernardinho, que ganhou seis medalhas olímpicas seguidas entre 1996 e 2016, duas com a equipe feminina e as demais com a masculina.

O Brasil ainda não perdeu nenhum jogo na competição, com vitórias sobre Canadá (3-1) e Rússia (3-2) na fase de grupos, ainda que tenha tido um desempenho irregular.

Com o apoio do público na Arena da Baixada, estádio do Atlético Paranaense usado na Copa do Mundo de 2014, os campeões da Rio-2016 começaram a semifinal contra os Estados Unidos com o pé no acelerador (5-1).

Os americanos conseguiram reduzir a diferença (13-11), mas tiveram muitas falhas e não conseguiram conter o embalo de Wallace e Lucarelli.

A seleção ganhou o primeiro set com tranquilidade, mas foi vítima de seus próprios erros no segundo.

O ‘Team USA’ tomou a dianteira, acumulando até cinco pontos de vantagem. O Brasil igualou (23-23) graças a Lucão, mas não conseguiu evitar o triunfo parcial dos visitantes.

Um forte começo no terceiro set permitiu aos brasileiros tomar a frente, antes de selar a classificação para a final com um contundente ace de Mauricio Borges, fechando o quarto set.

 

AFP
Clique para adicionar o seu comentário

Deixe seu comentário:

Esporte
Imprensa
@opiniaogoias

Conteúdo da Imprensa